Buscar
  • Iguales

Moda com apelo sustentável é destaque na Iguales

O couro do pirarucu, matéria-prima utilizada em peças da Osklen, surge como proposta de união entre apelo estético e consumo consciente



Mais que estilo, a moda pode abraçar uma causa. E não é preciso deixar o valor estético de lado. Considerando a preocupação ambiental, por exemplo, alternativas sustentáveis são adotadas por marcas brasileiras como a Osklen, que desenvolveu o projeto de reaproveitamento da pele do pirarucu. O material tem textura diferenciada e beleza ímpar, características que se devem principalmente ao tamanho das escamas. A marca carioca, que tem mais de 60 lojas pelo Brasil e se destaca no mercado internacional em praças como Nova Iorque, Milão e Tóquio, escolheu o Complexo Iguales como sua casa no RN.


A pele de pirarucu está em bolsas e acessórios especiais da marca e já adquiriu notoriedade internacional. Foi apontada na feira Prémière Vision Paris, como a base mais responsável e criativa. Por trás de seu apelo fashion, há um propósito social. Considerado o “salmão brasileiro”, o Pirarucu já era bastante usado como insumo na gastronomia, mas somente a carne era aproveitada. O couro e as escamas eram descartados. Fora isso, a criação do peixe tornou-se uma importante fonte de renda suplementar na região amazônica.


O material hoje responde por 48% dos acessórios em couro produzidos pela Osklen e é proveniente do estado de Rondônia. Como se trata de uma espécie protegida, a grife só usa peles de fazendas sustentáveis, que seguem os padrões estabelecidos pelo IBAMA. Agindo dessa maneira, a Osklen e seus parceiros protegem a espécie, além de equilibrar a fonte de alimentos e a economia da região. Também há uma forte preocupação com a mão de obra envolvida nos processos de beneficiamento, com ênfase na proteção de crianças e adolescentes.


A percepção integrada de natureza, cultura e sociedade, associada a uma estética sofisticada, fez com que a Osklen fosse considerada uma das dez marcas mais influentes e inspiradoras do mundo, segundo a WGSN – empresa líder em previsão de tendências para a indústria criativa. A Osklen também foi apontada, junto com a TESLA, como “Future Maker”, pela World Wide Fund for Nature do Reino Unido (WWF-UK).


Este comprometimento com sustentabilidade levou Oskar Metsavaht, fundador da marca, a ser nomeado Embaixador da UNESCO da Boa Vontade para Paz e Sustentabilidade. “Quando pouco ainda se falava de sustentabilidade na moda brasileira, fomos pioneiros ao lançar, em 1998, a primeira t-shirt feita em algodão orgânico. Desde então, aumentamos cada vez mais o uso de matérias-primas e processos sustentáveis na produção de nossas coleções”, destaca ele, lembrando que a preocupação ambiental não é algo novo.


Além de acessórios e calçados com o couro de pirarucu, a política de sustentabilidade se aplica às demais peças da marca, inclusive na coleção verão 2020 – já disponível na Iguales – representante exclusiva da linha feminina. Os destaques são linhos, sedas e algodão em peças atemporais e lifestyle litorâneo, propondo a combinação de peças com padronagens tropicais que se complementam.


“Estamos muito felizes com a parceria com marcas que têm no seu DNA a responsabilidade socioambiental, além do design diferenciado e uma forte presença no mercado. Elas agregam ao espaço que estamos projetando e ajudando a construir em Natal, entendendo que as pessoas daqui também tem olho clínico para o que é bom e, sobretudo, durável”, completa Cristiano Félix, CEO da Iguales e responsável pela curadoria das marcas.

4 visualizações0 comentário